A Ponderada Movel Media Processo Para Previsao




MPR2 - Previsao de demanda Um tipo de previsao que usa associacoes de causa e efeito para prever e explicar relacoes entre as variaveis ??independentes e dependentes. Um exemplo de um modelo causal e um modelo econometrico usado para explicar a demanda por inicios de moradia com base na base de consumidores, taxas de juros, renda pessoal e disponibilidade de terras. Um processo de colaboracao pelo qual os parceiros comerciais da cadeia de suprimentos podem planejar em conjunto as principais atividades da cadeia de suprimentos, desde a producao e entrega de materias-primas ate a producao e entrega de produtos finais aos clientes finais. A colaboracao abrange planejamento de negocios, previsao de vendas e todas as operacoes necessarias para reabastecer materias-primas e produtos acabados. Definicao No modelo de media movel ponderada (estrategia de previsao 14), cada valor historico e ponderado com um fator do grupo de ponderacao no perfil de previsao univariada . Formula para a Media Movel Ponderada O modelo de media movel ponderada permite que voce pese dados historicos recentes mais pesadamente do que dados mais antigos ao determinar a media. Voce faz isso se os dados mais recentes forem mais representativos da demanda futura do que os dados mais antigos. Portanto, o sistema e capaz de reagir mais rapidamente a uma mudanca de nivel. A precisao desse modelo depende em grande parte da escolha dos fatores de ponderacao. Se o padrao da serie de tempo mudar, voce tambem deve adaptar os fatores de ponderacao. Ao criar um grupo de ponderacao, voce insere os fatores de ponderacao como porcentagens. A soma dos fatores de ponderacao nao tem que ser 100. Nenhuma previsao ex-post e calculada com esta estrategia de previsao. MPR2 - Demanda de Previsao Um tipo de previsao que usa associacoes de causa e efeito para prever e explicar as relacoes entre o independente e variaveis ??dependentes. Um exemplo de um modelo causal e um modelo econometrico usado para explicar a demanda por inicios de moradia com base na base de consumidores, taxas de juros, renda pessoal e disponibilidade de terras. Um processo de colaboracao pelo qual os parceiros comerciais da cadeia de suprimentos podem planejar em conjunto as principais atividades da cadeia de suprimentos, desde a producao e entrega de materias-primas ate a producao e entrega de produtos finais aos clientes finais. A colaboracao engloba planejamento de negocios, previsao de vendas e todas as operacoes necessarias para reabastecer materias-primas e produtos acabados. Fornecer sazonais e tendencias por medias moveis exponencialmente ponderadas Charles C. Holt Escola de Pos-Graduacao de Negocios da Universidade do Texas em Austin, Austin, TX, EUA Disponivel Online 28 de janeiro de 2004. O artigo fornece um desenvolvimento sistematico das expressoes de previsao para medias moveis ponderadas exponenciais. Metodos para series sem tendencia, ou tendencia aditiva ou multiplicativa sao examinados. Da mesma forma, os metodos cobrem series nao-sazonais e sazonais com estruturas de erro aditivo ou multiplicativo. O artigo e uma versao reimpressa do relatorio de 1957 para o Escritorio de Pesquisa Naval (ONR 52) e esta sendo publicado aqui para fornecer maior acessibilidade. Exponencial suavizacao Previsao Local sazonal Tendencias locais Biografia: Charles C. HOLT e Professor de Gestao emerito na Escola de Pos-Graduacao de Negocios, Universidade do Texas em Austin. Sua pesquisa atual e sobre metodos de decisao quantitativa, sistemas de apoio a decisao e previsao financeira. Anteriormente, ele fez pesquisa e ensino em M. I.T. Carnegie Mellon University, a London School of Economics, a Universidade de Wisconsin eo Urban Institute. Atua em aplicacoes de computador desde 1947, e tem feito pesquisas sobre controle automatico, simulacao de sistemas economicos, programacao de producao, emprego e estoques e dinamica de inflacao e desemprego. Copyright 2004 Publicado por Elsevier B. V. Citando artigos ()